Hábito da leitura é decisivo para o sucesso

Tempo de leitura: 7 minutos

Todos sabemos dos benefícios experimentados por todos que desenvolveram o hábito da leitura, mas formar leitores não é uma tarefa fácil, ainda mais se o contato com os livros for algo completamente novo e praticamente “de outro mundo”.

O ambiente em que a pessoa, seja criança, adolescente ou adulto, convive tem grande influencia quanto ao seu hábito de leitura.

Muitos dizem que não tem habilidades ou gosto para a leitura, e devido a isso acabam se dando mal na entrega de materiais didáticos, elaboração de textos, ou até em uma avaliação que necessitava da leitura de um livro ou artigo para ser realizada, culpando muitas vezes outro alguém por um erro próprio.   

O problema é que poucos assumem esse mal e correm atrás de sua reparação.

Se uma pessoa cresce com uma barreira entre ela e a leitura, ela se tornará alguém sem algumas habilidades fundamentais e que são naturais aos que desenvolveram o hábito da leitura como: separar, disseminar, analisar e explanar as mais diferentes ideias, contextos e situações.  

Mas em uma sociedade em que tudo está cada vez mais avançado e o vídeo é o principal veículo de transmissão e emissão de algo, a quão necessária será para uma pessoa o hábito da leitura?

Bom, a resposta é simples: EM TUDO!

Toda a tecnologia é movida pela leitura, seja ela de códigos, normas, dígitos, ou em sua matéria prima, o desenvolvimento. Para se fazer um vídeo é necessário ter entendimento sobre um certo assunto, e para se ter esse conhecimento é preciso ler.

O vídeo é uma forma mais fácil de atingir um conteúdo, porém sua formatação é dada através da leitura. Ninguém nasce sabendo de algo, e mesmo com o vídeo mais explicativo possível, algo deixará de ser falado, e a única fonte disponível será a leitura.

Pode parecer confuso o que estou dizendo, porém, a leitura é comprovadamente a forma mais eficiente de se absorver e compreender algo, independente de qual das suas funções (visual, auditiva, cenestésica) seja mais desenvolvida.

Por exemplo, se uma pessoa tiver suas funções visuais mais desenvolvidas, a leitura será uma forma excelente de captar algo.

Se for a parte auditiva, mesmo o vídeo sendo um caminho, a leitura será fundamental para complementar a ação e proporcionar melhor absorção e compreensão.

No caso da cenestésica, a leitura será um caminho primordial, pois é possível incluí-la com o vídeo e acrescentar a ação, como é o caso da oratória.  

Independente de qual seja a situação, a leitura é fundamental no desenvolvimento social e pessoal de qualquer um. Falar do hábito da leitura não deveria ser algo novo na vida das pessoas, e sim algo incrementado de forma que comentar sobre seus indícios fosse como falar da própria vida.

Através da leitura é possível romper as fronteiras do nosso pequeno mundo e adentrar em novos continentes, voltar ao passado e viajar para o futuro, interagir com diversos autores que despertam e afloram a criatividade e as veias artísticas de cada um.

A leitura é uma das maiores e mais temidas ferramentas de transformação social, pois é ela que passa o conhecimento.

Formar um leitor é transformar-lo alguém que compreenda o mundo e todas vertentes que o envolvem.

Por meio da leitura é que o cidadão se incrementa no meio social, cultural, político, étnico, etc.

Visando te ajudar a se tornar um leitor ávido, caso não seja, ou aprimorar suas habilidades já presentes, separei 3 dicas que despertarão de vez o gosto pela leitura e o fascínio por esse mundo que muitas vezes é visto como chato, irritante e perda de tempo.  

Dica 1: Encontre seus interesses!

Há uma oferta muito grande de títulos e gêneros no mercado editorial, podendo encontrar desde livros de receitas e dicas, até conteúdos históricos e literários. Devido a essa enorme diversidade, muitos acabam lendo algo que não se encaixa em seus princípios e gostos, tendo uma experiência desagradável a não ser repetida.

Por isso, encontrar qual gênero melhor te agrade é um passo fundamental para passar a ter a leitura como um gosto pessoal e presente. Pode parecer bobo, porém ler algo sem interesse é o mesmo que ir em um lugar obrigado, você não se sentira à vontade e compatível com o ambiente, resultando em horas de tédio.

Pesquise e veja o que lhe agrada, tenho certeza de que encontrará algo de seu gosto. Após fazer isso é hora de seguir para a próxima dica.

Dica 2: Leia um livro de cada vez!

Quanto mais enferrujado for o hábito da leitura, mais trabalhosa será a tarefa de lembrar dos detalhes de um livro e retomá-lo do ponto em que parou. Não é raro que se não possuamos um gosto pela leitura seja necessário ter de ler duas ou três vezes a mesma página até reencontrarmos o fio da história.     

Quando o leitor intercala dois ou mais livros diferentes, a confusão mental é ainda maior. Estabelecer uma rotina de leitura disciplinada e mergulhar em apenas um livro por vez é uma boa maneira de evitar esses lapsos e acelerar a leitura, de forma que seja possível compreender e memorizar tudo o que foi lido.

Se você sentir uma vontade incontrolável de abrir outro livro antes de terminar o que está lendo, contenha-se. Assim será possível seguir para a terceira e última dica.

Dica 3: Estabeleça um horário!

Como foi dito na dica anterior, é totalmente necessário que um horário e uma rotina de leitura sejam estabelecidos, assim será possível controlar sua evolução ao mesmo tempo que adaptar seu organismo e cérebro para realizar determinada ação.

Um ponto a sempre ser levado em consideração é que a leitura é preferível de ser realizada no período matinal, sendo este o momento essencial devido ao fato de que o cérebro está descansado e a mente ativa com todas as suas forças. Deixar para realizar a leitura ao fim do dia pode atrapalhar tudo, pois além do cansaço diário, a baixa luminosidade fará com que seu cérebro se sinta pronto e preparado para dormir.

Leia pela manhã, nem que seja por um breve período de tempo. Tenho certeza de que seu cérebro e sua mente irão agradecer por isso. Lembre-se: livro não é sonífero!

É hora de partir para a ação

Existem inúmeras formas de despertar o interesse pela leitura e subsequentemente, pelo conhecimento, dependendo de total força de vontade do indivíduo em deixar de ser um passivo perante a leitura e se tornar o regente de toda a situação.

Pode parecer complicado de início, mas garanto que com o tempo o ato de ler se tornará algo fundamental e corriqueiro em sua vida, e a única coisa que estará disponível para você, serão as recompensas de toda a ação.

Ps: Uma vez vi que para a leitura ser captada em sua forma original, deve-se ler com a cabeça do autor, por isso, abra sua mente e deixe todo o poder das palavras te envolver, aposto que a experiência será única. Comece a desenvolver agora o hábito da leitura!

Leia também: Você sabia que ler é uma paixão comum entre várias estrelas de Hollywood?

(Visited 483 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *